O Visitante

Tenho observado o trabalho de vocês há algum tempo. Amigos queridos me trouxeram aqui para aprender com os estudos de vocês e também para me fortalecer com as energias positivas e amorosas que os amigos têm doado a mim e aos meus companheiros.

Primeiramente gostaria de agradecê-los por todo este trabalho, que embora vocês considerem pequeno e às vezes até insignificante perto dos desejos que vocês têm de ajudar, tem sido muito importante no nosso tratamento e na nossa recuperação.

De grupos como o de vocês é que os amigos espirituais coletam porções de energia e fluidos que são utilizados no tratamento de desintoxicação, fortalecimento e reequilíbrio dos nossos corpos espirituais tão maltratados pelos nossos atos inconseqüentes de quando estávamos encarnados.

Não vou ficar repetindo meu drama que é idêntico ao de tantos outros jovens que já passaram por aqui e contaram as suas histórias e suas desgraças.

O que posso dizer é que assim como eles, eu também tive a chance de seguir um caminho diferente, mas preferi seguir o que me dava mais prazer, mas que também foi o que me trouxe mais sofrimentos.

O que posso dizer a vocês é que não desanimem com as aparentes dificuldades de levar boas idéias adiante. Pois com boa vontade, entusiasmo e dedicação, vocês conseguirão tudo o que desejam, pois o plano espiritual superior e nosso Mestre Maior estarão sempre ao lado de vocês.

Divulguem os ensinamentos de Jesus a todos que tiverem oportunidade, a todos que fazem parte do cotidiano de vocês. Plantem sementes de amor e de esperança em todos os corações que puderem, pois assim como na parábola do semeador, o amor é uma força poderosa e há de encontrar terreno fértil para germinar, ainda que isso demore, ainda que muitas vezes fracassemos em nosso intuito de espalhar a boa nova.

Fiquem com Deus e continuem orando pelos necessitados.

E tenham esperança que a semente do bem germinará sobre a Terra e prevalecerá sobre o mal.

 

Um abraço, Marcos (22/09/07)