PRECE A JESUS

 

Deus misericordioso

Socorra os abandonados

Sofridos, esquecidos

E os que querem esquecer

Uma jornada de dor.

A perda de um ente querido,

Ou a perda de um grande amor!

Os que perambulam na estrada

Sem rumo, sem nada,

Sem esperança, até...

A maior dor do ser

É perder a esperança.

Pois, a vida Senhor

Sem esperança e sem Vós

É como um pão sem levedo,

É como um livro em branco...

É apenas olhos em pranto.

Um semblante entristecido

É como uma luz apagada,

É uma estrada cortada

É um labirinto enfim...

Por isso eu te peço Senhor,

Tenha piedade de nós

Tenha piedade de mim!

Viver sem a luz da esperança

É como o viver de uma criança

Que não sabe ou não pode brincar.

Socorra Senhor, os desvalidos

Famintos e sedentos de amor.

Acenda-lhes em seu interior

A esperança de uma aurora de luz!

 

Irmã Mª Cândida e Beatriz (31/03/07)