Semeadura

A luz do sol está sempre brilhando,

Mas só podemos vê-la quando abrimos os olhos.

Mesmo quando as trevas tomam conta do dia,

Em algum lugar a luz do sol ainda brilha.

Mesmo que não possamos vê-la,

Podemos sentí-la.

Podemos sentir o seu calor,

Podemos sentir a sua cor.

E assim é a nossa alma:

Mesmo quando não podemos ver o que nos angustia,

Podemos sentir o que nos alivia.

Sabemos do que precisamos,

Mas nem sempre conseguimos o que buscamos.

Nem sempre temos quem nós amamos,

Nem sempre temos o que queremos.

Mas precisamos ter consciência do que fazemos,

Pois o que plantamos hoje

É o que colheremos amanhã.

Se plantarmos bons frutos,

Teremos uma boa colheita.

Se plantarmos ervas daninhas,

Colheremos plantas mesquinhas.

Cada semente bem plantada

Gera frutos de paz.

Cada lágrima derramada,

Gera angústia atroz.

Cada página virada,

É uma etapa da vida,

Que precisa ser galgada,

Que precisa ser vencida.

Sigam confiantes e com esperança.

Sigam em paz.

 Evanhoé (10/02/07)