Hoje e amanhã

Nas profundezas de nossa alma encontram-se situações que só nós conhecemos, que só nós sabemos o quanto doeram e o quanto doem. No íntimo de cada ser há um recanto que só cabe a si saber, que não nos é dado o direito de conhecer. Cada um sabe de si.

Se hoje não conseguimos explicar algumas coisas que vemos ao nosso redor é porque não temos capacidade de entender a grandeza da vida, das provas que nos são impostas e daquelas que por nós são escolhidas.

 

Se hoje parece que o nosso sofrimento não tem fim,

Amanhã veremos que não será assim.

Que o que hoje nos atormenta,

Amanhã será o que nos alenta

O que nos acalenta o sono e os olhos da alma

Precisamos é ter calma

Calma e paciência

Precisamos também de complacência

Com os nossos semelhantes

Por mais que eles nos pareçam ignorantes

E desesperados da vida

Eles estão é procurando uma saída

Uma forma de continuar vivendo

Uma forma de continuar tentando

E nós precisamos é encontrar

Uma forma de continuar amando.

 

João de Deus (04/11/06)