Querer
 
Quisera ter o poder de acalmar os corações,

De abrandar os sofrimentos,

De aplacar as guerras,

De extinguir o ódio da face da Terra.

Quisera ter o poder de transformar os pensamentos,

De unir as pessoas,

De extinguir as diferenças,

De acabar com a maldade,

Com os rótulos e máscaras

De hipocrisia, de egoísmo.

Quisera que a paz reinasse entre os homens,

Que não houvesse outra crença

Que não fosse no Pai Criador.

Que não houvesse lutas de classes, de raças, de religiões

Quisera que os homens se amassem como irmãos,

Colocando em prática os ensinamentos de amor

E o exemplo de humildade do Cristo.

 

Graças a Deus.

 

Irmão da Cruz (03/01/09)