O Amor
 

        O amor de Deus é infinito, incondicional, ama sem esperar nada em troca.

Espelhemo-nos no amor do Pai e amemos sem esperar ser amados, façamos o bem sem esperar reconhecimento, sem esperar gratidão.

Amemos por amor. Amemos pelo bem do outro, pela felicidade do outro.

O amor liberta. O egoísmo e a vaidade nos amarram, nos mantém presos a nós mesmos e às nossas imperfeições.

Aprendamos a olhar para fora de nós, para aqueles que têm menos do que nós, que precisam do nosso amor e da nossa compaixão.

E se não recebermos um “obrigado”, se não recebermos o reconhecimento, é talvez porque a pessoa não tenha condições de nos dar isso.

Mas nossa consciência estará tranqüila por ter feito o que era certo, na hora em que foi preciso.

Se amarmos incondicionalmente, a vida fica mais fácil, mais leve, nosso coração fica mais tranqüilo.

Ponha um pouco de amor na sua vida. Lembre-se do amor do Pai Criador que, não importa o que façamos, está sempre disposto a nos socorrer, a nos perdoar e a nos dar uma nova chance para recomeçar.

 

Ulisses (14/02/09)