Quero ajuda

 

Sinto muito frio. Estou só. Há muito tempo venho sofrendo, venho vagando solitária, sem ninguém com quem conversar, sem ninguém para me confortar, sem ninguém que me amasse.

Fiquei sozinha na vida, sofri muitas humilhações, me rebaixei, me vendi para poder comer, para poder continuar vivendo, se é que aquilo podia se chamar de vida.

Transformei-me numa sombra, num farrapo, era apenas de longe uma sombra do que fui um dia.

Tive família, tive carinho, tive amor, tive dinheiro, tive amigos, tive um emprego, tive uma vida, que poderia ter sido bem diferente se eu não tivesse me envolvido com as drogas.

Deixei tudo para trás por causa das drogas, perdi tudo o que tinha, inclusive minha integridade física e mental, minha dignidade e meu amor próprio.

Não tinha mais orgulho, não tinha vontade de viver, só queria me enterrar e dormir, fugir da realidade, fugir dos problemas.

A droga é fuga, para não ter que enfrentar os problemas, para não ter que “encarar as coisas de frente”, como elas realmente são.

Quando eu consumia, quando eu “viajava”, eu me desligava por completo dos meus problemas, das coisas que eu não sabia como lidar e que eu achava na época que eram problemas.

Quanta ilusão! Problemas foram o que eu descobri depois que eu me envolvi com os tóxicos. Os problemas que eu achava que tinha, eram futilidades, inutilidades da minha vida de menina rica, mimada, acostumada a ter tudo, que não tinha aprendido a lidar com as situações da vida, despreparada para enfrentar a realidade, para enfrentar o cotidiano. Eu achava que a menor adversidade ou contrariedade fosse um problemão, chorava, não queria aceitar as coisas, não queria abrir mão do meu orgulho.

Quantas mentiras me contaram quando me disseram para experimentar, quando me disseram que meus problemas desapareceriam, que tudo pareceria mais leve, mais alegre.

Mas eu me enganei muito, sai de casa, me destruí por completo, destruí a minha vida, a minha saúde, a minha sanidade.

Fiquei sozinha no mundo, sofri muito até desencarnar nas piores condições que vocês podem imaginar.

Quero ajuda!

Agora compreendo o que fiz comigo, o que fiz com a minha vida.

Quero me tratar, quero voltar a ser feliz

Não quero mais sentir dor. Cansei de sofrer!

Vou seguir com estes amigos que me trouxeram aqui, que estão me convidando a acompanha-los.

Eles dizem que eu preciso me tratar, que eu preciso descansar e me recuperar, desintoxicar o meu organismo.

Quero seguir com eles, quero deixar de sofrer.

Agradeço pela oportunidade que estou tendo, pela ajuda que estou recebendo.

Eles me dizem que quando eu estiver mais forte, voltarei aqui para estudar e ouvir coisas que me ajudarão a entender a grandeza da bondade de Deus e da vida.

Boa noite! Vou me despedindo, indo embora para um lugar onde acredito que voltarei a ter paz.

 

Simone (15/03/08)