Alerta aos pais 

 O que um jovem pode fazer para acabar bem depressa com a sua vida? Usar drogas. Mas por que um jovem, com toda a vida pela frente, desejaria usar drogas para acabar com sua vida? Jovens. Assim como eu que tinha uma baixa auto-estima e que achava que não era amado por sua família.


Pais, estejam atentos a seus filhos, demonstrem o amor que sentem por eles. Nós jovens somos muito inseguros e precisamos saber explicitamente que somos amados.


E isso que eu fiz comigo não foi só por minha auto-estima baixa, mas também porque eu não conhecia nenhuma religião. Não sabia nada de Jesus e de Seu amor por nós, nem de Deus e de como Ele é bom para seus filhos, por mais maus que estes possam parecer.


Pais, introduzam seus filhos a uma religião, seja ela qual for. Falem a seus filhos de Jesus, de Jeová, de Deus, de Buda, de Alá, não importa a religião e nem os nomes que usarão. O importante é que as crianças, e os jovens como eu, saibam do Amor. Que tenham valores bons que as manterão em segurança. Com uma alta auto-estima e por isso mesmo, longe das drogas e das más companhias.


Pais, não deixem que os seus filhos escolham o que fazer da vida quando forem grandes o suficiente para decidirem por conta própria, eles não saberão escolher direito.


Lembrem-se do que Jesus e Deus ensinaram. Os pais são responsáveis pelos seus filhos. Como dar ao filho a responsabilidade de escolher uma religião?! Os filhos devem seguir aos pais desde crianças para terem, no mínimo, uma base religiosa, importantíssima para todos nós. E quando crescerem, aí sim, poderão escolher se é esta ou aquela religião que mais lhe agrada ao coração.


A mim agrada saber que Jesus me ama e que meu Pai também é o Pai de todos vocês, esse Deus maravilhoso e bondoso a quem aprendi a amar tanto.


Um abraço fraterno,

Júlio.






(mensagem psicografada sábado 03/05/2008)