Como me arrependo...

 

 

Tenho medo do que vai acontecer comigo. Tenho medo do que terei que enfrentar. Sei que morri, sei que errei muito, que desencaminhei muitos jovens, que envolvi muitas vidas jovens num caminho sem volta.

Tenho tanta culpa no meu peito, tenho muita culpa me atormentando e me perseguindo dia e noite sem cessar.

Como me arrependo por tudo o que fiz, por todo o mal que desencadeei em tantas famílias. Eu fui um traficante quando estive aí na Terra, envolvido com todo tipo de droga e de coisas sujas do submundo do crime e do tráfico.

Comandava uma rede de extensão em grande parte da América Latina, que traficava drogas através das mais diversas formas e usando jovens e ate mesmo crianças neste trabalho de infiltração em outros países, em escolas, em festas.

É um mundo sujo, covarde, que manipula, que chantageia, que suborna, que faz de tudo para se manter no poder.

E eu estava envolvido com toda essa sujeira. Quantas pessoas eu prejudiquei, meu Deus! Quantas vidas, quantas famílias, quantos sonhos eu destruí!

Queria poder esquecer tudo isso, mas eu não posso, eu simplesmente não consigo ter paz, não consigo esquecer os rostos, as vozes que me perseguiam quando eu morri, que me atormentavam me acusando por todo o mal que eu lhes fiz.

Hoje já estou melhor, graças a Deus recebi ajuda dos mensageiros e trabalhadores incansáveis de Deus que me socorreram, me deram abrigo, amor, tratamento e compreensão. Mas o medo e o receio ainda me perseguem, pois hoje tenho consciência de todo o mal que fiz, das conseqüências dos meus atos irresponsáveis.

Tenho conhecimento da Lei de Causas e Efeitos, da Justiça Divina e sei que terei que responder pelos meus atos. E isso me amedronta. Tenho medo de falhar novamente. Tenho medo de não ser forte o bastante. Tenho medo de não conseguir me redimir.

Mas sei que isso tem que passar. Sei que eu preciso enfrentar esse medo e tentar consertar o que eu fiz de errado no passado.

Sei que em breve voltarei à Terra, que estou em processo preparatório para uma nova reencarnação e que terei muito trabalho pela frente.

Quero trabalhar em prol dos jovens, da educação, da prevenção contra a maldição que são as drogas. Sei que tenho que ser forte, persistente e peço ajuda e proteção a Deus para que eu possa desempenhar bem essa missão, a fim de redimir um pouco da minha culpa e tentar apagar os meus erros do passado.

A Misericórdia de Deus é tão infinita e maravilhosa, que mesmo aqueles que erram muito não ficam desamparados e recebem uma nova chance para recomeçar, como eu estou recebendo.

 

Amilton (20/06/09)